Russos fechamigrejas

 

 Participe do Grupo no Facebook e acompanhe as publicações
Seguidores do Evangelho
Grupo do Facebook · 3 membros
Participar do grupo
Seguidores do Evangelho Grupo para compartilhamento das mensagens do Evangelho de Jesus a todos. Jesus disse que é o caminho, a verdade, e a vida. Ass...
 

 

 

 

Soldados russos invadem e fecham igrejas evangélicas

 

São muitos os registros de invasão de igrejas por soldados rebeldes armados, muitas já foram fechadas e outras destruídas.
Russia - Desde 2014, quando forças russas invadiram a Ucrânia e iniciaram uma crise diplomática entre os países, a vida tem sido tensa nas fronteiras, vários registros recentes indicam que soldados de grupos rebeldes estão invadindo e fechando várias igrejas.
O Fórum 18, uma organização norueguesa de direitos humanos, revela que os rebeldes exigem o registro de organizações religiosas na região, mas não aprovam o pedido de muitos deles. Historicamente a maioria das aprovações russas e ucraniana é ortodoxa.
As igrejas batista e adventista do sétimo dia, por exemplo, conseguiram fazer seu registro, mas tiveram que suspender todas as suas atividades para impedir que os templos fossem invadidos. Existem dezenas de registros de igrejas evangélicas sendo invadidas por soldados rebeldes armados. Por outro lado, o pastor da Igreja Batista de Krasny Luch deve ser julgado por realizar serviços sem autorização.
As igreja católicas também necessitam pedir ao governo registro e não receberam oficialmente uma permanência nos registros. As Testemunhas de Jeová na Ucrânia afirmam que a proibição de sua atual existência na Rússia foi estendida a elas, e que não irão mais se registrar para obter a licença.
No domingo da semana passada, doze oficiais entraram na Igreja Batista do Reavivamento durante a celebração e enviaram os 25 fiéis para retornar às suas casas. Pastor Dmitry Sirbu diz que os invasores quebraram o baú da igreja e o saquearam.
Dois meses atrás, a adoração da Igreja Pentecostal da Graça de Deus em Alchevsk foi interrompida. Aqueles que estavam no local tinham que se deitar de bruços, enquanto os soldados pegavam os computadores da igreja.
O departamento de Luhansk, na fronteira entre a Ucrânia e a Rússia, está sob o controle dos rebeldes. As invasões a lugares religiosos são justificadas por um decreto de maio de 2015, que passou a proibir eventos que reúnam grandes grupos.
A lei marcial é uma tentativa de controlar as atividades das pessoas, condenou e criminalizou as crenças das pessoas na Rússia. Muitos Sites e Blogs têm transmitido a notícia sobre esses incidentes.

 


 

 

 

Leia mais em Logostheos