INvestigaçaoigrejacatolicaNY

 

 

Promotor abre investigação contra igreja católica em Nova York sobre abusos sexual a menores

 

 
  • “ Investigação será em 8 dioceses no Estado, e irá descobrir se foram encobertos por seus párocos".

A procuradora-geral de Nova York, Barbara D. Underwood, anunciou na quinta-feira que abriu uma investigação civil para determinar se as oito dioceses católicas do estado encobriram seus pastores com alegações de abuso sexual de menores. Isto foi confirmado pela acusação em um comunicado, que abre uma linha direta, através do telefone e internet, para convidar as vítimas e pessoas com informações sobre esses casos de abuso para registrar uma “queixa” e ajudar na investigação.

Um porta-voz explicou que será uma investigação em dioceses e outras entidades da Igreja, que são instituições sem fins lucrativos revisada e possivelmente escondidos alegações contínuas de abuso sexual de crianças. O escritório do promotor Underwood recorda que o relatório de um grande júri na Pensilvânia é “lançar luz sobre os atos incrivelmente perturbadores e depravados do clero católico, ajudados por uma cultura de segredo e encobrimentos na diocese”.

Sob a lei atual, as vítimas têm apenas 23 anos de idade para abrir processos civis ou buscar acusações criminais para a maioria dos tipos de abuso sexual infantil. Alguns dos crimes sexuais infantis mais graves não têm limite de tempo para a apresentação de acusações criminais, mas apenas para eventos ocorridos em 2001 ou após essa data.

A Suprema Corte desse estado publicado no último 14 agosto um relatório de um grande júri que documentou 300 casos de sexo dos padres pregadores em seis dioceses, depois de investigar alegações de abuso infantil, elevando o número de vítimas para mais de mil, o que causou comoção.

Vocês acham que somente o Brasil ou outras partes do mundo acontece coisas como essas? Até nos países denominados primeiro mundo, o pecado invade a religião e religiosos.

Romanos 3.23 pois todas pecaram e portanto estão afastadas da glória de Deus. 24 Mas elas são declaradas justas de um modo gratuito, pela graça de Deus. Isto acontece porque, por meio de Jesus Cristo, elas são libertadas do pecado.


 

 


 

 

 

Leia mais em Logostheos