Igreja no Jordão reabre50anos depois

 Participe do Grupo no Facebook e acompanhe as publicações
 
 

 

 

 

Igreja no local onde Jesus foi batizado abre as portas depois de 50 anos fechada

 

 

Uma igreja localizada no vale do Rio Jordão, aonde se crê que Jesus fora batizado por João, abriu as portas ao público depois que ficara fechada por 50 anos.

Haaretz, relatou que trabalhou arduamente para remover as minas terrestres na região, e finalmente conseguiu limpar a área de Qasr al-Yahud.

Muitas outras igrejas chamada de “igrejas fantasmas”, construídas perto de onde João batizou Jesus, ainda permanecem fechadas, isso porque ainda existem muitas minas terrestres e outros explosivos de guerra entre Israel e a Jordânia.

Qasr al-Yahud, uma igreja etíope, abriu oficialmente no domingo as portas após o trabalho da Autoridade de Ação em Minas, a Fundação Halo e 4CI.

A operação pretende limpar a área de outros mosteiros até o final de 2019, e assim, abrir ao público. Apenas 50 de 250 hectares foram desminados. Segundo o Coronel Max Nudelman, do corpo de engenharia revelou que 1.000 minas foram desativadas.

Qasr al-Yahud, foi construída durante a era bizantina, foi renovado e abandonado muitas vezes durante décadas.

O rio Jordão continua a ser usado para batismos em massa de cristãos, entre muitas figuras importantes que ali chegam.