Encontrado anel de Pôncio Pilatos

 Participe do Grupo no Facebook e acompanhe as publicações
 
 

 

 

 

Anel de Pôncio Pilatos é encontrado por arqueólogos 

“Arqueólogos afirmam que resolveram um mistério de mais de 50 anos depois que um anel foi encontrado na década de 1960, e finalmente a sua insígnia foi decifrada".

 

Pôncio Pilatos, o infame governador de Jerusalém durante o tempo de Jesus. Somente agora a descoberta foi anunciada como sendo do governador. O anel de bronze foi submetido a uma nova forma de imagem fotográfica que revelou a inscrição. Os pesquisadores da Universidade Hebraica de Jerusalém encontraram dois marcadores distintos, que ajudaram a identificar o dono real.

A primeira é uma inscrição clara do nome “Pilato” em grego, significando “pertencente a Pilatos”. Foi escrita para trás, implicando que foi usado como um selo para documentos oficiais, padrão na época para oficiais romanos. A limpeza também mostrou uma simples inscrição do nome escrito em torno de uma imagem de um frasco de vinho de estilo judeu.

O anel foi encontrado durante uma escavação liderada pelo Prof. Gideon Forster, da Universidade Hebraica na temporada de 1968-69, pouco tempo depois da guerra dos seis dias.

A limpeza atual está sendo conduzida pelo Dr. Roi Porath, da Universidade hebraica.

O anel foi encontrado com outros objetos em um jardim oriental, e incluem vidro, cerâmica, e fragmentos de cerâmica inscritos com símbolos.

 

Do Inglês: David Brummer

Tradução para o português: Logostheos e Seguidores do Evangelho