diadospais

Quinto Mandamento pode ter sido a causa do dia dos pais hoje

 
  • Honre seu pai e sua mãe, que você pode suportar por muito tempo na terra que Hashem seu Deus está atribuindo a você. Êxodo 20:12

17 de junho é celebrado o dia dos pais nos EUA. O dia não aparece no calendário judaico, mas as raízes desse dia, segundo o rabino Shimon Apisdorf, essa é uma chave para trazer um dos essenciais tikkunim (fixações) para a Redenção final de Israel.

O dia foi inaugurado no início do século XX, e foi um complemento para o dia das Mães, mas segundo informações, as raízes nasceu na idade Média na Europa. Hoje é comemorado em todo o mundo em diferentes dias do ano.

Segundo o rabino, esses princípios universais sugerem raízes antigas. Ele acredita que esse feriado pode ter sido baseado no Quinto Mandamento.

Honre seu pai e sua mãe, que você pode suportar por muito tempo na terra que Hashem seu Deus está atribuindo a você. Êxodo 20:12

Hoje os judeus relacionam esse dia como as orientações que a Torá ordena como mitsvá (mandamentos) em respeitar os seus pais.

Na interpretação judaica, o quinto mandamento de respeitar seus pais conecta o céu a terra. Essas pessoas de carne e osso são a conexão da criança com o seu Criador. A terra de Israel é apenas terra, mas é o elo que conecta o céu a terra. Também em sua visão, o dia dos pais, é uma questão para que a criança lembre, hoje em dia, e é tão importante no mundo para a volta da paternidade.

Segundo o rabino, é bom lembrar, principalmente no EUA que estão sofrendo uma crise de paternidade, e acrescentou:

Em 1, de 4 crianças com menos de 18 anos – um total de 17,2 milhões, está sendo criado sem pai.

63 % dos suicídios de jovens são de lares sem pai.

90% de todas crianças desabrigadas e fugitivas são de lares sem pai – 32 vezes a média.

85% de todos os jovens na prisão vem de lares sem pai – 20 vezes a média.

O rabino lembrou: “não existe dia dos pais no judaísmo”, devido ao quinto mandamento, todo ida é dia dos pais e das mães, acrescentou.

Ainda no Livro de Malaquias, enfatizou que o Senhor descreve o tikkun (consertar) que substituirá esse fenômeno angustiante dizendo:

Ele [Elias, o profeta] reconciliará pais e filhos com seus pais, de modo que, quando eu chegar, não destruirei toda a terra. Eis que enviarei o profeta Elias a você antes da vinda do terrível e terrível dia de Hashem Malaquias 3:24

Acreditam os rabinos que “os jovens que respeitam os mais velhos são um dos tikkunim que trarão o Mashiach (Messias).

Notamos essa visão judaica que Paulo ensina no NT sobre o ensino que os judeus ensinavam aos seus filhos, como lemos:Ef 6:1 Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo.” Se acreditarmos que a lição da obediência descrita nos Mandamentos pode ser ensinada aos crentes fiéis, então esse é um fundamento desses ensinos que o apóstolo Paulo faz menção.

Os comentaristas também observa o constaste entre esse ensino e o sistema romano da época, que dava poder absoluto aos pais sobre seus filhos, mas esse poder poderia causar má impressão na educação dos mesmos, que esses mesmos pais poderiam até mesmo matá-los. O que é observado ali, era que a vida do filho não tinha tanto valor, conforme uma carta revelou no ano 1 a.C, escrita por Hilário, um soldado romano de Alexandria. (Dic. Beacon)

 

Tradução para o Português: Logostheos e Seguidores do Evangelho


 

 

 

 

 

Acompanhe mais que Logostheos e Seguidores do Evangelho tem publicado

 

 

As notícias do mundo cristão que mais marcam os tempos e estudos científicos em todos os lugares

Acompanhe aqui informações de grande importância para a comunidade de estudantes da Bíblia

Livros em PDF para ler ou fazer Download

Estudos com vários temas: doutrinários, bíblicos, exegéticos, históricos, evangélicos e muito mais