CristaoEfraimitas

 

 

Cristãos Efraimitas retornam à Bíblia hebraica

 

 
  • “ Yosef não conseguia mais se controlar diante de todos os seus assistentes, e gritou: Todos se retire de mim! Então não havia mais ninguém sobre quando Yosef se deu a conhecer a seus irmãos.” Gênesis 45: 1 (A Bíblia de Israel)

 

O pastor Pete Rambo, sentado em uma sombra de uma sucá de Jerusalém, falou da missão profética dos cristãos de todo o mundo que estão despertando suas perspectivas religiosas tradicionais abraçando as raízes da fé cristã.

O grupo contem 55 integrantes internacionais, que denomina-se, B’nei Efraim (filhos de Efraim, ou efraimitas), visitou Israel durante Sucot, a festa judaica na qual os judeus e não judeus igualmente no Templo, traziam ofertas ao Senhor em Jerusalém.

O grupo com idades entre 13 e 79 anos, veio do EUA, Austrália, África, Alemanha e Holanda, visitou Israel de 16 de setembro a 2 de outubro para celebrar Sukkot – fizeram o trabalho de limpeza pegando lixos urbano como um serviço para seus irmãos judeus, e tornar as férias ainda mais santas.

De volta aos seus países, cada um irá compartilhar o amor por Israel, muitos começaram como cristãos tradicionais e depois então nasceu o amor pelas tradições judaicas, e um apego pelas passagens da Bíblia que despertou interesse em retornar as tradições cristã da Bíblia hebraica.

Dorothe Waidelich, um efraimita da Alemanha lembrou que, “um dia para Deus é como mil anos, e mil anos são como um dia”, ligando as Escrituras que afirma “após 6,000 anos, Deus reinará no seu trono no 7,000 ano”.

Disse, “Eu liguei essa ideia ao calendário judaico e aos dias da criação, onde Deus disse aos israelitas que trabalhassem por seis dias e descansassem no sétimo”.

A identidade efraimita está enraizada nas profecias de 1 Reis, sobre dez tribos perdidas que esquecerão sua língua original, cultura, história e religião, bem como Ezequiel 37, concernente à reunião dos exilados dos reinos de Judá e Israel:

“ E você, ó mortal, pegue uma vara e escreva nela:“ De Yehuda e os israelitas associados a ele ”; e pegue outro graveto e escreva nele: “De Yosef - o pau de Efraim - e toda a Casa de Yisrael associada a ele.” Traga-os para perto um do outro, para que eles se tornem um bastão, unidos em sua mão. ”( Ezequiel 16-17 )
“ Assim disse Hashem: Eu vou pegar o bastão de Yosef - que está na mão de Efraim - e das tribos de Yisrael associadas a ele, e colocarei o bastão de Yehuda sobre ele e os colocarei em um só bastão; eles serão unidos na minha mão. ”( Ezequiel 19 )

Juntos o grupo vêm a Israel para as festas “para abençoar Israel e ser abençoado como retorno”, de acordo com Gênesis 12.3. Abençoarei aqueles que te abençoarem e amaldiçoarei aquele que te amaldiçoar; E todas as famílias da terra se abençoarão por ti.

No moshav, eles celebram o Shabat juntos, aprendem danças folclóricas israelenses, sentam-se juntos na sucá e dançam com a Torá para o feriado de Simchat Torá, celebrando o final e o novo começo do ciclo de leituras da Torá.

Do Inglês: Eliana Rudee

Tradução para o português, Logostheos e Seguidores do Evangelho

 

 


 

 

 

Leia mais em Logostheos