Comentários Provérbios

Comentários judaico Provérbios

INTRODUÇÃO PROVÉRBIOS

O nome deste livro de sabedoria,  Mishlei , é traduzido para o inglês como "Provérbios", mas talvez seja uma designação muito limitada. A palavra hebraica  mashal ,  da qual deriva o nome  Mishlei  , assemelha-se mais a uma metáfora estendida do que a um dizer incisivo.

 

O Sefer Mishlei  contém a sabedoria coletada de  Shlomo , o rei mais sábio para se sentar no trono em  Jerusalém . Em  Melachim  I 3: 5-14, a Bíblia relata como esse filho do rei  Davi  alcançou tamanha grandeza. Hashem  apareceu para  Shlomo  em um sonho e ofereceu-lhe tudo o que seu coração desejava. O jovem rei  Shlomo  pediu apenas a sabedoria para guiar o povo de Deus em retidão. Tão satisfeito foi o Senhor com   pedido de Shlomo que Ele concedeu  o desejo de Shlomo e, além disso, também ele grande riqueza e sucesso.

 

O Sefer Mishlei  refere-se ao medo de  Hashem  como "o começo da sabedoria" (1: 7), notando que o reconhecimento de Sua mão no mundo é a fonte de todo entendimento. Ele adverte os sábios a procurar companheiros semelhantes e a evitar o tolo e a sedutora, prometendo recompensa pelo trabalhador e dedicado, e sofrendo pelos preguiçosos e os ímpios.

 

Na superfície, as lições de  Sefer Mishlei  parecem simples, mas em sua própria introdução ao livro, o Rei  Shlomo  promete que grandes segredos estão por trás de suas palavras. As metáforas no texto podem ser entendidas literal e figurativamente e podem ser projetadas em várias situações diferentes.

 

Ao longo do texto, a sabedoria é personificada como uma mulher justa, enquanto a tentação é representada pela prostituta. O rei  Shlomo  diz ao leitor que  Hashem  fundou a própria criação na sabedoria, dando ordem ao caos. Essa sabedoria foi entendida como a Torá de Deus  e, seguindo seus preceitos, os fiéis receberão Sua recompensa.

 

Os últimos capítulos de  Sefer Mishlei  citar  Agur  filho de  Y akeh  e Rei  Lemuel  como fontes para as parábolas contidos. A tradição judaica considera que ambos são apelidos para o rei  Shlomo ,  já que  Agur  significa "compilador" e  Lemuel  significa "para Deus". 

 

O último capítulo do livro, capítulo 31, inclui a bela passagem intitulada “Uma mulher de valor”. Esse poema, como tudo o mais no  Sefer Mishlei , pode ser entendido literalmente, como uma descrição da mulher ideal. No entanto, na tradição judaica, foi explicado como uma referência à matriarca  Sara , a  Torá  ou até mesmo o  Shabat . De fato, é costume em muitos lares judeus cantar esse poema na noite de sexta-feira ao redor da Mesa do  Shabat  , enquanto dá as boas-vindas à Rainha do Sábado . De acordo com  Metzudat David ,  Shlomo escolheu terminar seu livro de sabedoria com um elogio da mulher de valor como um tributo a sua mãe,   Batsheva , de quem aprendeu muito da sabedoria contida dentro.

 

Vilna Gaon fez previsão de que o mundo árabe acabará derrotando os Estados Unidos. Essa conclusão é conhecida do princípio judaico de que o Messias, filho de José, precederá o Messias, filho de Davi. E na conclusão do rabino Glatstein a última nação que ficará em pé no final dos dias ao lado do povo judeu será o mundo árabe.

 

Traduzido do Inglês: Ahuva Balofsky

Por Logostheos e Seguidores do Evangelho

  


Comentário Provérbios

 

   O medo de Hashem é o começo do conhecimento; Os tolos desprezam a sabedoria e a disciplina.

Yir-AT-a-do-NAI ray-SHEET DA-em khokh-MAH u-mu-SAR e-vee-LEEM BA-zu

   יִרְאַת יְהֹוָה רֵאשִׁית דָּעַת חָכְמָה וּמוּסָר אֱוִילִים בָּזוּ:

 O medo de  Hashem  é o começo do conhecimento

O Sefer Mishlei contém a sabedoria coletada de Shlomo,(Salomão) o rei mais sábio para se sentar no trono em Israel . Este verso define o tom para o livro inteiro de Mishlei. Uma vez que o rei Salomão estabeleceu seu propósito - para transmitir sabedoria - por escrito, ele começa identificando o medo de Hashem (Senhor) como a raiz dessa sabedoria. Sem temor de Deus, o conhecimento é vazio e pode ser distorcido para qualquer número de propósitos negativos.

Traduzido do Inglês por Logostheos

Original em Inglês The Israel Bible


  

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

Leia mais em Logostheos